19 agosto 2010

[pause]

não sinto nada. nada.
está tudo anestesiado
[recuso-me a pensar]


[getty images]