31 agosto 2010

[desisto]

sabes, desisto de compreender. desisto de lutar contra mim. desisto de lutar contra ti. desisto de tentar não pensar. desisto de não querer. desisto de deixar de sonhar. desisto de te afastar da minha vida. desisto de tentar polir as palavras. desisto de fazer de conta que não me importo com tudo aquilo que me magoa. desisto de ser boazinha e politicamente correcta. desisto de me colocar sempre na última prioridade. desisto de pensar se não estarei a alucinar. desisto de querer saber o que vai aí dentro. só não desisto de nós. [apenas sei que este ainda não é o nosso tempo]