21 junho 2010

no meio da ponte

Há alturas na vida em que nos sentimos no meio da ponte.
Não sabemos se seguimos caminho.
Se voltamos à casa da partida.
Se saltamos para águas desconhecidas.

Nenhuma destas hipóteses é segura. A vida não é segura. [Ainda bem. Seria demasiado previsível e aborrecida.]
Existem pessoas que a ideia de segurança e de constância é a única que conhecem e admitem. Essas pessoas raramente cometem erros. Essas pessoas raramente se deixam surpreender. [Não sabem o que perdem…]


[deviantART]

[Neste momento estou no meio da ponte. 

A apreciar a paisagem.]

2 Comments:

At 22 de junho de 2010 às 11:05, Blogger Dry-Martini said...

"A ponte é uma passagem... para a outra margem" :)

Gosto de pontes e de Pontos B .) Gosto de ti :)

XinXin

 
At 28 de junho de 2010 às 00:11, Blogger Maria Cardeal said...

Não é mau. Depende do tempo que permaneces aí.

 

Enviar um comentário

<< Home