09 junho 2009

nas minhas mãos

Olhei para ti como há muito tempo não o fazia. Acariciei-te com dedos de lã e puxei-te contra o meu peito. Senti o teu peso nas minhas mãos. Os mágicos espelhos a projectarem-te para mim. A textura da tua pele. Encostei-te ao ouvido para te escutar a deslizar por dentro. A sentir-te minha. Recordei os momentos que eternizamos, os risos que captamos, as noites que te fiz disparar acelerada, as manhãs cuja luz foi só nossa. Prometo que não fico tanto tempo sem dar notícias.

[DeviantART - pormenor]

[Vou mostrar-te a minha praia. O meu paraíso. Amanhã vamos ser - como sempre fomos - uma só.]

5 Comments:

At 9 de junho de 2009 às 11:33, Blogger Dry-Martini said...

Não fosse a "textura da tua pele" e ia jurar que estavas a falar da Leica :)

XinXin

Just joking... lindo .)

 
At 9 de junho de 2009 às 12:01, Blogger Rosa said...

Haja alguém com vontade de fazer alguma coisa amanhã. Eu, só quero dormir!
Beijinho *

 
At 9 de junho de 2009 às 23:26, Blogger Helena said...

Sensibilidade e percepção do que nos rodeia não é para todos... de ti fazem parte de certeza!
Adorei!

 
At 12 de junho de 2009 às 22:56, Blogger Maria said...

A pele tem saudades.

 
At 13 de junho de 2009 às 00:29, Blogger Teresa said...

L.I.N.D.O.

 

Enviar um comentário

<< Home