28 dezembro 2007

joy

[ariana luna] Seychelles, Abril 2001

Foi nesta ilha idílica, de mar turquesa e palmeiras grandiosas que presenciei a mais enternecedora expressão de alegria.
Um grupo de meninos brincava com uma palmeira caída e o riso fresco e a alegria contagiante emocionou-me e fez-me ter vontade de os registar para sempre.

Não precisavam de mais nada para serem felizes.
Viviam de forma livre, simples e tranquila.
Durante as 2 semanas que lá estive, experienciei a vida que sempre quis ter.

E "porque a vida é o que fazemos dela", tornemos 2008 um ano memorável!

5 Comments:

At 28 de dezembro de 2007 às 15:32, Blogger Alf said...

Ergo o meu copo!

Saúde!

 
At 30 de dezembro de 2007 às 21:16, Blogger Margarida Atheling said...

Feliz 2008!

Bjs

 
At 4 de janeiro de 2008 às 15:14, Blogger Rosa said...

Se era a vida que sempre quiseste ter, volta para lá, miúda! A malta vai sentir saudades, mas queremos é ver-te feliz! ;)
Beijinhos.

 
At 6 de janeiro de 2008 às 02:32, Blogger miak said...

Lembrei-me de um dia em que uma árvore caída se tranformou numa nave e brincámos felizes...

 
At 29 de fevereiro de 2008 às 12:03, Blogger Pedro de Payalvo said...

o titulo do post fez-me sorrir, e por nada que diga respsito ao post...
joy é o que bebo, quando tenho de conduzir, e nunca ninguém sabe o que é...

 

Enviar um comentário

<< Home