06 junho 2007

o meu Porto

É na marginal da cidade mais acolhedora, disfuncional, sedutora – e a bem dizer, apaixonante - que corro todos os dias. Que cumprimento discretamente os pescadores, que afugento as gaivotas, que percorro de carro de manhãzinha bem cedo e ao pôr-do-sol, que vou comemorar as vitórias e exorcizar as tristezas.

É nesta marginal que flutuo na minha yoga, que dou grandes caminhadas quando me sinto mais cansada, que fotografo o riso das crianças a aprender a andar de bicicleta, o andar trôpego dos velhos, o insulto dos pescadores do peixe que escapou do isco, as mãos dadas em segredo dos amantes.

É nesta marginal - que me observa deste criança - que me liberto.

2 Comments:

At 8 de junho de 2007 às 17:28, Blogger Margarida Atheling said...

O teu Porto... :)

[Aquelas imagens de ontem são mesmo tentadoras!]

Bjs!

 
At 17 de agosto de 2007 às 16:19, Blogger Putty Cat said...

O nosso Porto!

 

Enviar um comentário

<< Home